Venda e Aluguer
T0, T1, T2, T3 com Estacionamento

Localização privilegiada, no coração de Viseu.

Venda e Aluguer
Benefícios Fiscais para Investidores

Viver com qualidade no Centro histórico de Viseu.

Empreendimento
Fase I e Fase II

Fase I, composta por 10 apartamentos com estacionamento JÁ CONCLUÍDOS. Fase II composta por 6 apartamentos com lugar de garagem e conclusão prevista para SETEMBRO de 2021.

Fase I

A primeira fase contempla a reabilitação de um edifício com 10 apartamentos, Tipologias T0, T1, T2, T1 duplex, T2 duplex e T3 duplex, com estacionamento privativo adaptado para veículos elétricos ou híbridos com plug-in. O EMPREENDIMENTO ENCONTRA-SE CONCLUÍDO.

Fase II

A fase II JÁ INICIOU E ESTARÁ CONCLUÍDA EM SETEMBRO DE 2021. Contempla 6 apartamentos das tipologias T1, T2 duplex e T3 duplex, com lugar de garagem.

Rua do Arco

Reza a história que as muralhas de Viseu foram construídas com o objetivo de defender a cidade das inúmeras invasões Castelhanas no último terço do séc. XIV. Foi D. João I que à época se encarregou de fazer progredir os trabalhos de ampliação da cerca defensiva, concluídos, posteriormente, sob o reinado de D. Afonso V, o responsável pela reformulação defensiva da cidade.

A Porta dos Cavaleiros - tal como consta na inscrição epigráfica datada de 1646 - é uma das poucas estruturas sobreviventes da cerca Afonsina. Desta muralha medieval Viseense, originalmente constituída por sete Portas, atualmente apenas se conservam a Porta do Soar (a Sul) e a Porta dos Cavaleiros (a Norte).

A muralha foi considerada Monumento Nacional por Decreto publicado em 31 de Dezembro de 1915, constituindo-se a Porta dos Cavaleiros com o seu Chafariz de S. Francisco, no início da Rua do Arco, um dos mais extraordinários repositórios de História Portuguesa e inspiração para cenários românticos como a cena de pugilato em que Simão Botelho se batia pelo amor de D. Teresa de Albuquerque no “Amor de Perdição” de Camilo Castelo Branco.

Para mais informações, envie-nos mensagem através do formulário.